domingo, 16 de janeiro de 2011

Superinteressante - Qual a velocidade de rotação da terra ?

Superinteressante - Qual a velocidade de rotação da terra ?

Velocidade de rotação da terra
Depois de conhecermos a velocidade do movimento de translação da terra através desse artigo superinteressante nos conheceremos qual é  a velocidade de rotação da terra.

Oque é superinteressante não é somente de conhecer a resposta a essa pergunta, mas sim entender a resposta, para isso devemos também perguntar : Como podemos calcular a velocidade de rotação da Terra ?
Sabemos que a Terra leva 1 dia ou 24 horas para dar uma volta em si mesma, então a partir deste dado podemos calcular a velocidade utilizando outros dados.

Vamos nos lembrar das aulas de física para poder calcular a velocidade média. Nos obtemos a velocidade media simplesmente dividindo a distância percorrida pelo variação do tempo para percorrer essa distância, a formula seria então  : velocidade (V) = variação do espaço(D) dividido pela variação de tempo (T)

Ja sabemos o tempo que a Terra leva para dar uma volta em si (24 horas ) falta saber um dado para poder calcular a velocidade da terra :  A distância

Esse é o um dado mais complicado pois para sabermos a velocidade de rotação da terra precisamos saber a distancia que ela percorre, mas essa distancia varia muito segundo a altitude que ela é calculada. então essa velocidade varia em relação a latitude e altitude, pois a Terra não é um um massivo perfeitamente redondo.

Esse calculo é complexo pois o tempo do dia varia assim como a Terra que possui montanhas e lugares profundos, mas uma variação insignificante que não levaremos em conta pois queremos conhecer a media desta velocidade.

A circuferência no nível equatorial da Terra seria de perto dos 40 mil km então de maneira grosseira a velocidade da terra seria :


V = D(40 000 KM) / T (24 horas) = 1666KM/H (aproximadamente)

80 comentários:

  1. Prezados,
    Sem querer ser chato, pois não sou expert em português, a palavra "utilizar" (linha 10) deve ser escrita com "z". Peço desculpas a todos, mas esse tipo de erro me incomoda.
    Tenho um trabalho que atesta a desaceleração da terra em direção ao periélio ou perigeu, cuja comprovação pode ser vista no meu canal no You Tube: http://www.youtube.com/user/luizsampaioathayde?feature=watch
    Depois da data do perigeu, que é ~05/01 ela não somente desacelera, como pensávamos até a pouco. Existe também uma aceleração em torno da data do afélio ou apogeu ~05/07.
    Mais detalhes dessa pequisa na página do analema no meu Blog em: http://www.veraodabahia.blogspot.com.br/p/analema.html
    Na página principal divulgo um outro trabalho, para aumento do Verão da Bahia (ou da nossa Capital, Salvador) por causa de fatos astronômicos: http://www.veraodabahia.blogspot.com.br
    Espero todos vocês lá!
    Abraços,
    Prof. Luiz Sampaio Athayde Junior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim você tem toda razão professor, o texto esta corrigido muito o blog superinteressante agradece

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  2. A Velocidade da terra então é 1666KM/H ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim a velocidade de Rotação, mas a velocidade da terra em torno do sol é de 107 mil Km/h
      veja nesse outro artigo : http://www.super-interessante.com/2011/01/qual-velocidade-da-terra-dando-volta-ao.html

      Excluir
  3. se um aviao está voando, por exemplo, do Brasil para Angola(na mesma direçao da rotaçao da terra) a 1000 km/h na altitude de cruzeiro, como esse aviao chegaria a Angola se a velocidade de rotaçao da terra é maior que a velocidade do aviao? ou isso quer dizer que na verdade a aeronave está a 2666 Km/h, somando as duas velocidades? como isso pode ser explicado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Nadson,
      Sua pergunta é interessante pois claro podemos pensar que um carrossel roda para para esquerda em uma velocidade x e se você vai para esse mesmo lado com uma velocidade x/2 você não vai conseguir alcançar, vai ser o carrossel que vai girar até te alcançar.

      Mas em relação a terra é diferente não sentimos essa rotação pois tudo que esta presente em nossa atmosfera se move junto é o que chamamos de velocidade absoluta, não podemos sentir pois não temos um orgão de velocidade em nosso corpo e que essa velocidade é constante. A descoberta do movimento de rotação da terra veio com a observação das estrelas que estão fora da nossa atmosfera. Mesmo voando estamos fazendo a rotação se não fosse o caso um avião não precisaria de motor. Para entender pense em um trem por exemplo se ele esta em uma velocidade constante de 200 km/h e dentro dele tem uma mosca voando ela em relação a teu acento não precisa voar a 200km/h. A velocidade é uma comparação com pontos de referência se no caso dessa mosca avançar dentro do trem a 10km/h e você observa-la dentro do trem você vera a mosca avançar esses 10km/h mas se uma pessoa fora do trem observa-se veria a mosca a 210km/h. o mesmo acontece com o Avião que é uma mosca dentro do trem(a terra) e você dentro da terra(o trem) veria o avião a 1000km/h e uma pessoa que estivesse no espaço veria o avião 2666km/h. Estamos sempre em movimento a terra que gira em torno de seu eixo e ela gira em torno do sol, o sol em relação a outras estrelas, nossa galaxia em relação a outras etc mas tudo em velocidade constante por isso não percebemos.

      Excluir
    2. Então, voar no sentido contrário de rotação da terra seria mais difícil?

      Excluir
    3. Não só seria mais dificil se estivessemos fora da atmosfera teríamos que ir mais rapido do que a velocidade de rotação para conseguir avançar...

      Excluir
    4. Se estivéssemos fora da atmosfera, seria mais difícil alcançar um ponto no sentido de rotação.

      Excluir
    5. Depende do seu ponto referente. Se tomar como referência um poste de uma rua de uma cidade qualquer, você está a 1666 km/h. Se tomar como ponto um corpo imóvel em relação à terra fora da atmosfera, sua velocidade será de 2666 km/h. Valeu

      Excluir
  4. oloko bicho, brinacadeira meu

    faltou falar de velocidade angular e tangencial

    ResponderExcluir
  5. cara mto boa explicaçao mas é complicado encaixar ela na minha mente kkk
    entao quer dizer que se o aviao estiver folra da terra ai sim ele vai fazer o trajeto nesta velocidade maxima citada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Jeferson, isso tudo é conceito complicado e simples ao mesmo tempo, se o avião estiver fora da atmosfera da terra ele teria sim que andar em velocidade superior para atingir um outro ponto, dentro da atmosfera terrestre a velocidade da terra é nula pois tudo que esta dentro esta rodando na mesma velocidade.

      A definição de velocidade é a seguinte : distância percorrida por um corpo num determinado intervalo temporal por isso da formula V = DT

      se você pula pro alto você cai no mesmo lugar... se você tiver em cima do carroe pular pro alto vc nao vai cair no mesmo lugar você vai pular numa velocidade maior que se tivesse pulando do chão

      So sentimos o efeito de velocidade quando existe uma variação de velocidade tipo quando o trem começa a andar e quando ele para, uma vez que continua andando com velocidade constante e com janelas fechadas (sem vento dentro) a mosca não tera nenhuma dificuldade para voar dentro dele pois uma "atmosfera" foi criada ali dentro...

      Excluir
  6. De acordo com a história da mosca, os aviões, em voo, não sairiam do lugar de origem.
    No desenho animado acima mostra a Terra fazendo o movimento contrário ao da realidade.

    ResponderExcluir
  7. Boa Tarde Prof. Luiz Sampaio Athayde,

    Eu também não sou um expert em Português, MAS na sua 6 linha onde escreve "pensávamos até a pouco", deveria ter escrito "pensávamos até há pouco".

    Abraços

    ResponderExcluir
  8. A circunferência da Terra é de aproximadamente 40.000 km, e não o diâmetro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato D usamos para a distância então estamos falando da circuferência e não o diâmetro da terra que é de aproximadamente 12756KM.
      O raio é igual a 6.371 km

      Excluir
  9. detalhe,40*24=960? se estou errado,corrija-me


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salatiel esta certíssimo mas no artigo não tem nada errado olhe bem o simbolo usado é de divisão "/" e não de multiplicação "*" pois a formula da velocidade é V=D/T (distancia dividido pelo tempo)
      Abraço !

      Excluir
  10. Pessoal, esse assunto está bom demais!!!!!!!!!!!!!
    Então, pergunto, por que não sentimos um vento fortíssimo, se estamos rodando a 1.666 km/h como se fosse, tipo colocar a cabeça pra fora de um Concorde em pleno mach 2.2 ???? Seria por causa dos 120 km de altura da atmosfera???
    Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi ALonso !
      Sim graças a atmosfera, pois não somente a terra esta nessa velocidade mas sim tudo presente em sua atmosfera !
      Por isso não sentimos nada pois tudo que aqui se encontra esta em velocidade constante com a mesma velocidade causando a anulação de forças mesmos as moléculas que respiramos estão nessa velocidade.

      Excluir
  11. Professor Luiz Sampaio

    Não sou expert em português, mas... no seu texto o "até a pouco" escreve-se "até há pouco".
    Até... daqui a pouco.

    ResponderExcluir
  12. Respostas
    1. Isso a velocidade é de 462,77 m/s a formula seria 1666*1000/60*60

      Excluir
    2. Pois 1 km tem 1000 metros e e uma hora tem 3600 segundos

      Excluir
  13. Então para fazer uma viagem que do Brasil ao Japão não seria mais prático subir até fora da atmosfera, que dista 120km da terra (corrija-me se estiver errado) e esperar a terra girar e reentrar no ponto de pouso? (Isso parece coisa de doido)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não seria impossivel mas pratico também não pois para sair da atmosfera precisa-se de equipamentos específicos e caríssimos além do preparo fisico especial, o que não seria viável economicamente.
      Um aviao pode voar somente a altitudes de até 20 km ele precisa do atrito do ar para voar e precisaria de energia superior para poder sair da orbita terrestre. Os satelites se situam a 350km da terra e fazem 16 voltas ao mundo por dia (velocidade de 28milkm/h indo no sentido contrario da terra o deslocamento é mais facil o que nao é o caso dentro da atmosfera...)

      Excluir
  14. voces sao muito inteligentes,nossa! entao eu pergunto,acreditam que exista um deus criador de tudo ?que fes o homem a partir do barro é mais ainda, dele retirou uma costela pra fazer uma mulher? no nivel academico de voces isso é possivel???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola amigo não é questão de inteligência (ja fiz um artigo superinteressante sobre isso diga-se de passagem) mas nesse artigo é tudo questão de cultura e pesquisa...

      Enquanto a tua pergunta gostaria eu de ter a resposta, a ciência e Deus são dois caminhos diferentes mas paralelos que tendem a ir na mesma direção, a ciência acredita em tudo que pode provar, portanto não excluo o que ela não pode provar, pois a incapacidade humana de apresentar fatos da inexistência de Deus é tão grande ou ainda maior que os fatos de que ele existe.

      Existem científicos ateus e outros que acreditam em Deus. A ciência não é sinônimo de ateísmo ou na descrença de fatos sobrenaturais .

      Albert Einstein se distanciava das crenças religiosas tradicionais mas se distinguia dos Ateus, ele se auto definia como um não crente extremamente religioso.

      Respondendo a uma pergunta de maneira interessante sobre Deus ele disse "Acredito no Deus de Spinoza, que se revela por si mesmo na harmonia de tudo o que existe, e não no Deus que se interessa pela sorte e pelas ações dos homens"

      Parece difícil acreditar que tudo isso foi obra de alguém diante de tal fatos, mas ao mesmo tempo seria extremamente vazio e sem nexo não ter uma razão existencial se não for o caso.

      Excluir
  15. De acordo com una calculos compliados que eu fiz,considerando que a Velocidade da rotação(que chamarei de Vr) é de 1.666km/h ,dividindo por 24 teremos uma velocidade por hora,que só é considerada caso estivermos parados.Se nos movimentarmos num carro à aproximadamente 20 km/h essa mesma deve ser somada à Vh(velocidade horária),portanto,a cada dia viajamos,mesmo parados,a uma velocidade de mais de 1.666 km/h somente por dia,e 14.594.160Km/h por ano,e contando com isso,podemos ser considerados com uma velocidade supersônica,que também deve ser somada ao Vd ou Vh,ou até mesmo ao Va.Tudo é muito relativo,e depois que cheguei a essa conclusão,meu cérebro entrou em curto ciruito(que por sinal,viaja a mais de 1.666 km/h por dia :P)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha curto-circuitou o meu também Fernando não entendi nada rsrs
      Porque dividir por 24 ? a velocidade ja é por hora se quiser por dia tem que multiplicar por 24.
      Outra coisa se a velocidade é constante ela não mudara pois velocidade não se acumula a não ser que você aumente ela a cada dia ou v^coe quis calcular a distância percorrida ?

      Excluir
    2. kkkkk... é que como ele mesmo disse: "de acordo com uns cálculos complicados que fiz" haujauiahah... Fernando, brincadeira. Valeu!

      Excluir
    3. Meus caros, to entrando agora aqui e gostei da conversa. Brincadeiras a parte, se me permitem, vamos engrossar um pouco mais esse caldo.... considerando:
      A distância da Terra ao Sol aprox. 150 milhões de km;
      A elípse da órbita da terra sendo sendo uma circunferência ( Compr.=2pi*raio);
      O sol sendo um ponto no espaço (o que é um absurdo), o comprimento da órbita da terra seria aprox. 1 bilhão de kms.
      Portanto a Velocidade de TRANSLAÇÃO da Terra = 1 bi / 360dias*24hrs = aproximadamente 115 MIL km/h !!!
      Portanto: Graças a Deus e a relatividade, não percebemos a velocidade abs. do contrario, além de deixar "tico e teco" tontos, girando a mais de 1600 km/h e viajando a uma velocidade de mais de 100 mil km/h... viiixi nossos belos corpinhos se desintegrariam!!! E isso só no nosso minusculo Sistema Solar, se falar da Galáxia entaum....!?
      O mais incrível é que você não vê nenhum corpo celeste dando trombada um no outro...! E ainda tem cientista que acha que isso tudo acontece ao acaso...!?
      Abraços

      Excluir
    4. Caro Administrador
      Na sequencia do comentário acima, publiquei um raciocínio sobre a velocidade de translação da terra... por acaso não aprovado? Grato

      Excluir
    5. Oi Jr Aranda ! desculpa a demora mas é que os comentários so saem depois de uma moderação vou tentar mudar essa opção aqui.

      Mas vc engrossou bem a conversa (no bom sentido claro). Vc retratou um outro post que fiz no primeiro llink desse artigo (http://blog-superinteressante.blogspot.com/2011/01/qual-velocidade-da-terra-dando-volta-ao.html)
      Realmente é coisa de louco mesmo quando começamos fazer todos esses cálculos.
      Grande abraço e obrigado pelo ibope rsrs !

      Excluir
  16. Fabrício, que bom que depois de dois anos esse artigo continua sendo alvo de pesquisas. Só falta corrigir a última palavra do texto, na fórmula, "aproximadamente".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda, agradeço a contribuição ! Realmente é gratificante receber comentários depois de quase 3 anos. Alias esse foi um dos primeiros artigos do Blog (17° artigo para ser preciso).

      Excluir
  17. Entao quer dizer que estamos envelhecendo menos do que se estivessemos parados no espaco (segundo a relatividade) se eh que isso eh possivel ja que o proprio universo esta em expansao ou pelo menos eh o que a maioria acredita
    E se descubrissemos um jeito de ficar exatamente parado num local do espaco mesmo com o universo se expandindo o tempo pararia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hipótese inexistente pois o universo esta presente de um outro universo que este também se expande sem falar que hoje a teoria da de Einstein sobre a relatividade geral esta sendo estudada para uma relatividade quântica onde compreende um universo microscopico, onde nossas moleculas tbm estao em constante movimento....

      Excluir
  18. A parte de não percebermos a velocidade por causa da gravidade da terra eu entendi mas no exemplo da mosca no trem tive dificuldade. pelo simples fato da mosca estar no trem ela passa a estar na mesma velocidade dele (lembre que ela está dentro do trem mas no ar)?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim tudo é relativo a mosca esta rapida para quem ? dentro do trem ela esta voando como uma mosca normal para uma pessoa dentro e para uma pessoa fora do trem ela esta muito rápido pois claro o trem esta com as janelas fechadas então não existe movimento de ar com as janelas aberta a mosca nao teria força para voar.

      No espaço não existe vento nem atrito ou pouquissimo por isso nossa atmosfera nao entra ventos de 100 mil km/h. A sensação de velocidade é quando se tem variação da velocidade e a sensação de atrito seja com o chao ou com o ar.

      Por isso dentro do trem com janelas fechadas para uma mosca voar é como se ela estivesse dentro de um quarto numa casa. é como se tivéssemos com os vidros fechado.

      Quando vc joga uma bola de papel pro alto dentro do trem se a janela estiver aberta ele vai para la atras, mas se tiver fechada ela vai cair exatamente na tua mao pois esta andando na mesma velocidade que a "atmosfera sem vento" criada dentro do trem simplesmente por ele esta fechado. O trem leva consigo tudo que esta dentro dele o ar que respiramos também... Temos que entender que mesmo parados estamos em movimento a mosca pode voar ao ar livre na terra que esta a 100 mil km/h porque nao poderia dentro de um trem ou um aviao...

      Excluir
  19. Boa tarde, por favor eu tenho dificuldade para entender: o que motiva a terra a girar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, a pergunta é interessante e complexa, parece obvio mas não é.
      Tudo no universo, absolutamente tudo esta em rotação seja em rotação translativa ou em rotação rotativa (não é um pleonasmo). O que motiva são a relação de força entre os astros os planetas e as estrelas. Tudo num movimento de atração e inércia resultante de um equilíbrio da gravitação, quanto maior o corpo celeste maior sua força de atração. Esse movimento de rotação inicial pode ser explicado pois em sua formação seja da terra do sisteme solar e do universo esse mesmo realizava esse movimento sendo que no espaço não existe atrito por isso a continuidade do movimento. na formação do sistema solar uma nebulosa apresenta este movimento.

      Excluir
  20. Aos "professores de Português” de plantão (sem ofensa é claro) existem mais erros que os mencionados e, sem querer puxar o saco do administrador. A mensagem por ele disponibilizada no meio virtual cumpriu com seu objetivo ao nos esclarecer e ensinar como calcular tal velocidade.

    Lógico que um texto sem erros é melhor e nos acrescenta.

    Já pensou se fossemos enviar e-mail para cada erro de Português que escutamos nos telejornais e outros meios de comunicação!

    Se tiver algum erro de Português no meu texto por favor não relatem, minha mensagem também cumpriu seu objetivo.

    Abraços e fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu nenê ! até porquê ja expliquei que moro ne Europa, onde pratico pouco o português, que alias nunca foi meu forte.

      Sem falar que o teclado por aqui não é igual então nem falo na preguiça de ficar procurando como botar tal e tal acento !!!

      Meu objetivo como vc escreveu é de trazer a noticia de forma correta sobre coisas e assuntos que acho interessante, não sou jornalista sou blogueiro e escrevo de maneira informal ! A qualidade de cada artigo no meu blog não sera a redação mas sim a informação !

      Abraço !

      Fabricio e administrador do Blog Superinteressante !!!

      Excluir
  21. Olá, parabéns pelo blog!
    Só para dar um contribuição (pelo menos é a intenção) um raciocínio que pode ajudar a compreender o voo da mosca é o de que ela, assim como tudo que está no trem (inclui-se aqui o "ar"), sofreu a mesma aceleração e por isso a mosca pode voar tranquilamente, visto que pela lei da inércia de Newton todo corpo tende a continuar o movimento se não houver força contrária. No caso, uma força contrária seria o resultado do atrito do trem com o ar, mas como a "parte da frente" do trem bloqueia esse atrito a mosca não perde a aceleração e assim pode voar "junto" com o trem.
    É isso ou viajei?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Anderson muito obrigado pela "audiência" !
      Cara você explicou com as palavras certas não viajou não ! Quem ta viajando é a mosca nesse trem kkkkkk

      Excluir
  22. Obrigado Fabrício (ao Anderson também), entendi. Bem, então vou abusar e fazer outra pergunta. Se fala muito em gravidade. Todos nós já a estudamos em algum momento na escola, mas tem uma coisa que não consigo entender. Como que a massa de um objeto maior consegue "puxar" um outro objeto de massa menor? Que "corda" é essa? Os átomos entre um objeto e o outro vão se "puxando"? Na gravidade, o que é a "corda"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Sidney ! Tua pergunta é extremamente interessante, parece obvio mas pelo contrario isso é um assunto extremamente complexo que foi resolvido através grandes equações por grande nomes da Ciência como Newton, Copernico, Einstein...
      Um Astro cria um campo gravitacional em relação sua massa e exerce uma força em relaçao a massa de outro corpoo podendo assim ter um equilíbrio em relação a uma distancia.
      Se o corpo for muito pequeno o astro exerce uma força gravitacional em uma distância bem menor.

      Esse campo gravitacional pode estar ligado também aos campo magnéticos, da mesma maneira que dois imãs se atraem a partir de uma certa distância. A lua exerce uma força sobre a terra e a terra sobre a lua, como a massa da lua é menor a força da gravidade nela também, como podemos ver quando os astronautas andaram na Lua.

      Essa famosa corda como você fala é uma força invisível universal chamada de campo gravitacional onde todo corpo que possui uma massa exerce uma força gravitacional e quanto maior a massa maior sera a intensidade desse campo. A Equaçao para calcular a intensidade depende do tamanho da massa até o seu centro pois a força gravitacional universal tem um valor negativo muito grande.

      Para resumir essa força existe em todo corpo com uma massa e só é perceptível quando o tamanho do corpo for muito grande como um planeta ou uma lua por exemplo.

      Excluir
    2. Fabrício, você explicou a força gravitacional com base nas leis expostas por Newton. E quanto à explicação que Einstein deu à origem do campo gravitacional, através da relatividade geral? O que você pensa a respeito disso? Parabéns pelo blog. Abraço.

      Excluir
    3. Oi Zeco Santos muito obrigado !
      Isso eu acho que o Newton apenas constatou o que acontece sem explicar propriamente como isso funciona, ele disse que todas partículas se atraem e fez um formula para explicar a força dessa atração. Einstein foi além e explicou o porque desse campo gravitacional, com a explicação que todo corpo ocupa e e modifica a linha espaço tempo... um assunto que respondi ao Sydney Cassio um pouco mai abaixo ! Grande abraço !

      Excluir
    4. Albert Einstein demonstrou que não existe esse principio de força de atração mas sim o de curvatura do espaço tempo, mas acho que podemos de um certa maneira considerar como uma força que um astro tem em modificar a curvatura desse espaço tempo aumentando assim sua "força de atração" como pensava Newton ou uma pertubação do espaço tempo pelo tamanho da massa como é melhor definido por Einstein...

      Excluir
  23. Assisti o filme GRAVIDADE com Sandra Bullock & George Clooney no cinema 3D. Ali mostra que a reentrada de qualquer objeto na atmosfera terrestre ocorre em altíssima velocidade. O atrito deste objeto com o ar esquenta o objeto a mais de 3 mil graus centígrados. Minha pergunta é: Por que os objetos (as cápsulas dos astronautas e a Estação Espacial Internacional, por exemplo) se movem a uma velocidade tão elevada com relação ao ar "parado" da atmosfera? Não se poderia fazer com que este objeto se sintonizasse com a velocidade de rotação da Terra para simplesmente "cair" em direção vertical e pousar finalmente com um paraquedas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se entendi bem a pergunta, mas geralmente quando esses objetos entram na atmosfera é quando acabam o combustível, sendo que eles sao pesadíssimos ultrapassando algumas toneladas precisaria de muito combustivel e o retorno de um satelite não seria viavel geralmente são lançado para ficar em missão bastante tempo, por isso nossa orbita esta poluida de satelites.

      Geralmente quando entram na atmosfera 3/4 dos objetos são consumidos pelo atrito com o ar por causa da alta velocidade que eles entram na atmosfera.
      Cada satelite possui sua missão e ela que ira definir a distância que ele ficara da terra, podendo esta em uma orbita baixa 200 km, sendo jogado a uma velocidade de satelitização minima de 7,78km/s, até uma orbita alta 36 mil km (velocidade de 10,2km/s) sendo ainda atraido pelo campo gravitacional da terra e para sair desse campo ele devera ser jogado da terra em uma velocidade superior a 11km/s para missões interestelares.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  24. Então, galera, no trecho:
    "Para entender pense em um trem por exemplo se ele esta em uma velocidade constante de 200 km/h e dentro dele tem uma mosca voando ela em relação a teu 'acento' não precisa voar a 200km/h..."
    Acho que o cabra quis dizer "assento"... Acento é relativo a ortografia, é isso?
    Bastante legal o tópico!!!

    ResponderExcluir
  25. Fabrício, obrigado pela resposta dada lá em cima (sobre a gravidade) mas o que eu quero mesmo entender e não consigo é como, na prática, um objeto é "arrastado" por outro? As explicações convencionais são do tipo "é uma força". Tá, é uma força, mas como é a execução dessa força? Por exemplo, eu amarro uma corda a uma pedra relativamente pequena, depois eu faço força e ela vem em minha direção. Porém, sem a corda interligando os dois corpos a pedra não sairia do lugar. Nos campos gravitacionais e magnéticos o que faz efetivamente um corpo ser arrastado em direção ao outro? Onde está a "corda" ou o que é a corda? Se não há nada entre os dois corpos (pelo menos visível) como isso acontece? Desculpe ser insistente mas é que gosto do tema e acho que essa resposta é pouco estudada na física. Tudo é resumido como sendo uma força e pronto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo tua visão de querer entender isso, mas as vezes existes coisas que a explicação ultrapassa nossa capacidade de entendimento...
      Tipo dois imãs que se atraem, o cheiro das coisas portanto invisíveis mas com o poder magico de nos dar sensações seja de bem ou mal estar....
      O som das coisas como pode atravessar um espaço e chegar até nossos ouvidos. O Wifi como podemos trocar fotos ou musicas e informações por ondas etc... a lei gravitação universal diz que todas partículas sempre se atraem como uma força que depende diretamente do produto das massas e inversamente do quadrado da distância que a separa ou seja quanto maior a massa e menor a distância maior sera essa força de atração.

      Essa força que você quer entender, porque essas particulas no universo se atraem...

      Isso foi constatado por Newton mas não demonstrado o porquê dessa atração entre as partículas essa famosa corda como você diz.

      Foi Albert Eistein que explicou um pouco mais. Com a deformação do espaço tempo, não é uma força e sim uma alteração do próprio espaço tempo com a simples presença da partícula em algum lugar.

      Ou seja se você ocupa um espaço e quanto maior você for você modifica o espaço tempo criando um tipo de "buraco negro" ali onde você esta então as partículas de menor massa em volta de você vão ter tendência a "cair nesse buraco" que você causou....
      Para fazer um visual um pouco xulo imagina uma gelatina você coloca uma bilha bem pequena nela e depois você coloca uma bilha maior e bem mais pesada ela vai afundar criando uma descida entre ela e a bilha menor fazendo com que essa desça até a maior, a gelatina é o espaço tempo invisivel mas que é modificado com a presença de uma partícula e quanto maior ela for maior sera essa atração

      Excluir
    2. Para Einstein essa força não existe mas sim uma pertubação do espaço tempo, para entender uma imagem vale mais que mil palavras olha esse link ai :

      http://eternosaprendizes.com/wp-content/uploads/2009/10/gravity-580x435.jpg

      Excluir
  26. Só incomoda a mim o fato de escreverem terra com t minusculo?!
    O certo é Terra, pois é o nome do planeta e DEVE ser escrito com inicial maiuscula. Dificil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi entendo pois você esta certo mas pode ver que no Texto escrevi varias vezes com o T maiúsculo que alias te aviso se leva um acento assim como a palavra minúscula, ah difícil também.... Alias você também escreveu Terra com o t minusculo no teu exemplo já que especificou que foi escrito assim não precisava repetir um erro. Quando for corrigir alguém procure não cometer erros....
      O Blog é totalmente informal e escrevo aqui por puro prazer, e na maioria das vezes com muita pressa sem tempo para revisar... Se em website de jornais encontramos erros imagine aqui !

      Excluir
  27. Pelamordedeus!!!!!!!!!!!!! afinal estamos aqui para falar de rotação da terra ou da língua portuguesa?????????????????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo um bando de recalcado querendo receber um prêmio por terem encontrado um erro no artigo rsrs

      Excluir
  28. Obrigado Fabrício pela resposta (e pela paciência). Vi a imagem e ela me ajudou a entender. Poderia (usando a imagem como referência) a massa de um objeto não estar curvando o espaço -tempo e sim pesando sobre uma matéria que não vemos ou não temos conhecimento da existência? A chamada matéria escura? Outra coisa, dentro dessa realidade, por que a massa curvaria em uma determinada direção e não em outra (já que no espaço não tem em cima e em baixo)? Tem sido muito bom esclarecer minhas dúvidas aqui. Gosto muito do assunto. Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sidney, Acho que é mais questão de espaço que a matéria ocupa em um certo lugar pois dois corpos não podem ocupar o mesmo lugar no espaço. Quanto maior ele for maior a curvatura nesse espaço tempo seja ela em qualquer sentido cima ou baixo pois na imagem representada vemos que é pra baixo mas é so uma representação plana sendo que no espaço essa curvatura se faz em "cima" e pra "baixo" sem qualquer direção ela ocupa somente... não sabemos ainda qual a influência que exerce matéria escura nesse fenômeno mesmo que a matéria escura exerce uma influência ainda misteriosa na gravidade.

      Excluir
  29. Professor, eu vi uma questão que me parecia obvio a resposta e quando fui conferir estava errada, vamos a questão: Um avião sai de Fernando de Noronha para o Rio Branco no Acre a distância entre os 2 são de 3990 km ele saiu às 8:00 da manhã de Fernando de Noronha e chegou no Rio Branco às 8:00 da manhã. Qual a velocidade do Avião? eu respondi V=1330 e a resposta correta estava V= 1000 eu gostaria de saber como se chega e esse valor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. estranho mesmo, qual foi o fuso horario que eles deram ? eu achei que o fuso era de 2h entre os dois mass me parece que pelo teu calculo eles deram um fuso horario de 3horas o que eu chegaria nesse calculo também. segundo a formula V = D/T. Para se chegar a esse calculo o fuso seria de 4 horas foi o caso ? ou tem erro ai...
      PS : não sou professor não mas ou tem um item omitido ou teve erro nessa pergunta

      Excluir
  30. Olá Professor, Vi uma questão que falava o seguinte: Um Avião saiu de Fernando de Noronha às 8:00h e chegou ao Rio Branco âs 8:00 a distancia entre os eles é de 3990 KM Qual a velocidade do Avião? eu respondi que V= 1330 KM/H mais a resposta que aparece é que V=1000 KM/H gostaria de saber como chegar e esse valor de 1000 KM/H

    ResponderExcluir
  31. NESSE CASSO, COMPENSA UM AVIÃO SAIR DA ATMOSFERA PARA CHEGAR MAIS RÁPIDO EM SEU DESTINO. DESDE QUE FAÇA O VÔO NO SENTIDO OPOSTO. É ISSO?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poderia compeçar se fosse uma viagem fácil de se realizada, fora da atmosfera podemos viajar e dar a volta ao mundo muito rapidamente (veja o filme gravity ele da uma imagem interessante quanto a isso) mas seria inviável fazer uma viagem que precisaria de recursos materiais e de combustível altíssimos...

      Excluir
  32. Olá Colegas! Li a matéria e também os comentários. A dúvida que ficou é porque não tenho a sensação que a Terra gira em torno de si mesma e em torno do Sol ao observar o céu. Ora! Se existem outros sistemas solares, portanto outras estrelas com outras órbitas diferentes do sistema solar então o panorama do céu seria velozmente modificado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola André Luis obrigado pela visita ! Tua pergunta tem uma certa logica, mas os outros sistemas estão tão longe que o movimento é quase inexistente não esqueça que eles estão a milhares de anos luzes do nosso planeta então não podemos observar o movimento, somos nos que mudamos de angulo em relação a eles. O unico que podemos perceber nitidamente é o da lua que esta bem perto da gente perto de 300 mil KM...

      Excluir
  33. Um resposta mais precisa a essa questão (Velocidade de rotação da terra) seria:
    465.1 m/s ou 1674,36 Km/h.
    Uma vez que o tempo que a terra leva para completar o giro não são exatamente 24 horas (observe que temos o ano bissexto exatamente por esse motivo).
    Abs.

    ResponderExcluir
  34. É só para dizer ao senhor Professor que fez a correção da palavra "utilizar" ao inicio dos comentários, que a frase "me incomoda" está mal escrita, porque escreve-se incomoda-me.

    ResponderExcluir